Suspeito de estuprar 12 mulheres tem surto psicótico ao chegar em presídio na PB

David Santos sendo levado para o hospital (Foto: TV Correio)
O zelador David Santos Felinto, 24 anos, suspeito de estuprar 12 mulheres, em João Pessoa, teve um surto psicótico na cela do isolamento da Penitenciária Desembargador Flósculo da Nóbrega, o Presídio do Roger, na tarde desta terça-feira (22). O caso ocorreu horas depois dele ter chegado à unidade prisional.

De acordo com o diretor adjunto do presídio, Lincoln Gomes, a advogada do preso chegou para fazer uma visita e quando o apenado estava sendo retirado da cela, ele teve um surto. “O David estava sozinho e quando foi retirado da cela, apresentou um surto psicótico. Em breve, o apenado seria levado para outro pavilhão devido às acusações de estupro. Os presos não toleram esse tipo de crime”.

David Santos foi levado para o Complexo Hospitalar Ortrauma, o Trauminha de Mangabeira, onde foi atendido na emergência e liberado logo depois. “O suspeito já está no presídio e disse que não se lembra de nada, apenas está sentindo dores. O médico do hospital confirmou que ele teve um surto. David está no isolamento com outros 40 presos, que também cometeram estupros, homicídios e outros tipos de crimes que os detentos não aceitam no convívio”, afirmou o diretor adjunto.

De acordo com a delegada da Mulher, Wanderleia Gadi, já são doze mulheres que reconheceram o acusado. Desse total, quatro foram estupradas e oito sofreram tentativas de estupro. Ela afirma que outras mulheres ainda poderão comparecer à delegacia e reconhecê-lo.

Conforme a delegada, na noite de domingo (20), o homem parou a moto em uma esquina, pediu o celular de uma vítima e em seguida ordenou que ela subisse no veículo. A mulher teria sido estuprada por ele em um terreno que fica próximo a um supermercado da Avenida Epitácio Pessoa.

A polícia chegou até o suspeito a partir de denúncias de um grupo de jovens, que viram a vítima nervosa sobre a moto e perceberam que ela havia feito um sinal, pedindo ajuda. Eles ligaram para a polícia e seguiram a moto até o Altiplano, quando as autoridades chegaram e o flagraram.

Sertão

No Sertão da Paraíba, uma mulher de 22 anos, que estava grávida, disse ter sido estuprada por três homens que foram presos na noite desse domingo (20), em Patos, a 305 km de João Pessoa.

A polícia identificou o caso após receber denúncias anônimas. Em depoimento às autoridades, a vítima disse que o marido dela reuniu outros dois amigos em casa para consumir bebidas alcoólicas. Ela teria sido obrigada por ele a fazer sexo com os três, mas recusou e acabou sendo violentada.

Os três homens, de 27, 33 e 47 anos, foram presos em flagrante, por uma equipe da Polícia Militar comandada pelo tenente Rafael. A mulher passou por exames de perícia médica no Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol), em Patos.

Fonte: Portal Correio

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.